Chen Yongyi

Chefe de redacção do "Dicionário Português - Chinês", 1174 páginas (2001).
Autor único de Beyond the Dictionary, de 901 páginas, escrito para leitores chineses acerca do uso dos vocábulos ingleses mais usados (2010).

Consultar

Livros publicados


Prémios

O autor

Chefe de redacção do "Dicionário Português - Chinês", 1174 páginas (2001).
Autor único de Beyond the Dictionary, de 901 páginas, escrito para leitores chineses acerca do uso dos vocábulos ingleses mais usados (2010).
Tradução do português para chinês de "Os Lusíadas de Luís de Camões" e de Os Subterrâneos da Liberdade" de Jorge Amado (ambos traduzidos nos anos 1950-60, mas por razões de censura política não chegaram a ser publicados); de uma colecção de poemas do poeta brasileiro Antonio de Castro Alves (1959), e da novela "A Capital de Eça de Queiroz" (2000).
Tradução do espanhol para chinês de colecções de poemas dos poetas, o espanhol Rafael Alberti e o cubano Nicolás Guillén (ambas em 1959); da novela "La Muerte de Artemio Cruz" do escritor mexicano Carlos Fuentes (1990).
Outras traducções de russo e de alemão para chinês e de chinês para inglês.