Marta Luis

Marta, é só o primeiro nome de um ser, que habita agora um corpo deste tempo, que abriga uma alma eternamente rebelde, cheia de amor, vazia de poiso certo, inconstante e mutante, difícil de encorpar e disciplinar.

Consultar

Livros publicados


Prémios

O autor

Marta, é só o primeiro nome de um ser, que habita agora um corpo deste tempo, que abriga uma alma eternamente rebelde, cheia de amor, vazia de poiso certo, inconstante e mutante, difícil de encorpar e disciplinar.

Nascida a 30 de Novembro de 1972, na Nazaré. Vive em Alcobaça, com três pessoas que preenchem os seus dias de medos e alegrias: o seu filho Rafael, a quem chama anjo da guarda, a sua sobrinha Ana Sofia, jovem adolescente, e o seu atual companheiro, que a incentivou a voltar a escrever depois de uma paragem abrupta de alguns anos.

Profissionalmente Fiscaliza Obras e faz Rádio, nos município e emissora locais. Compulsivamente escreve, porque como diz: dói ainda mais, se não escrever. Regista sentimentos em apontamentos e pensamentos, para exercitá-los, e para exorcizá-los também.

Entre outras artes diz sentir-se no trilho certo quando escreve. Nesta viagem experimente ler nestas páginas a autora, e disfrute do embate.